• Thiago Bicalho

Sustentabilidade: MTur participa de seminário sobre o tema no Rio de Janeiro


Na ocasião houve, ainda, a segunda reunião do grupo de trabalho da International Organization for Standardization (ISO) responsável pelo desenvolvimento de uma nova norma de sustentabilidade para os meios de hospedagem


Isabel Barnasque, do MTur. Crédito: Carolina Braga/CNC

A diretora substituta do Departamento de Formalização e Qualificação no Turismo do Ministério do Turismo, Isabel Barnasque, participou nesta quarta-feira (30), no Rio de Janeiro, do Seminário Internacional de Turismo Sustentável, evento que conta com parceria institucional da Pasta. Durante a abertura, Isabel enfatizou a importância da construção de uma agenda conjunta entre todos os envolvidos no setor em 2017, o “Ano Internacional do Turismo Sustentável”, declarado pela Organização Mundial do Turismo (OMT).

O encontro ocorreu na sede da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e também contou com a presença de integrantes da própria CNC, do Sebrae e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Os participantes puderam acompanhar apresentações sobre temas como hotelaria, operadoras, destinos, unidades de conservação e normalização.

“O Brasil, na condição de número um em recursos naturais segundo ranking do Fórum Econômico Mundial, deve ter um olhar ainda mais atento ao tema da sustentabilidade”, disse.

Após a abertura, foram feitas apresentações de cases de sucesso da gestão da sustentabilidade nos meios de hospedagem. O seminário contou também com mesas redondas para abordar a contribuição de operadoras, parques e do setor de alimentação para o tema.

NORMA ISO DE SUSTENTABILIDADE - O seminário acontece em paralelo à segunda reunião do grupo de trabalho da International Organization for Standardization (ISO) sobre turismo sustentável. O grupo trabalha no desenvolvimento de uma nova norma de sustentabilidade para os meios de hospedagem com base na norma brasileira da ABNT, que foi elaborada com a participação do Ministério do Turismo.

A proposta de criação da norma internacional de sustentabilidade para meios de hospedagem foi feita pelo Brasil em 2015 e aprovada oficialmente em maio de 2016. Esse trabalho é realizado pelo comitê técnico responsável pela elaboração das normas internacionais do setor turístico, composto por 58 países de todos os continentes. A aprovação levou o Brasil a liderar e coordenar o processo. A conquista é um reconhecimento ao trabalho que vem sendo realizado pelo setor turístico no País há mais de uma década.

#Mtur #Sustentabilidade #TurismoSustentável #OMT

0 visualização0 comentário